segunda-feira, dezembro 11, 2006

GULA PERFEITA



Dizem que amar é o bastante. Incondicionalmente. Irradiantemente. Incansavelmente. Pode ser... Aliás, pode ser tudo, suficientemente tudo, se você levar uma vida ou ao menos se dispor a levar uma vida por conta da emoção. Sim, pode ser, se você for um adolescente despido de razão, se puder agir, pensar e viver exclusivamente para o amor. Do contrário, com muito pesar e as devidas desculpas, devo dizer: Amar não é o bastante.

Na real, antes de tudo, não é o bastante porque é impossível viver de amor. Amor não paga as contas, não compra comida, roupas, apartamento nem carro novo. Não é o bastante porque você não quer morar numa cabana no meio do nada e nem vender coco na praia para sobreviver. Isso é muito bonito, é muito emotivo e romântico, mas é pura utopia e utopias nessa altura da vida, passam longe da sua cabeça. Não é o bastante a partir do momento que você tem amigos e naturalmente, sente a falta deles. Não é o bastante porque mesmo amando você continua precisando de liberdade e de um tempo seu, seja para saltar de pára-quedas, jogar bola, baralho, sinuca, para beber, para não fazer nada ou para fazer qualquer outra coisa que te desligue do cotidiano por algumas horas. Não é o bastante porque você, como todo ser humano, tem extrema facilidade para se enjoar das coisas e na medida em que se fecha em uma única vertente, enjoar é semi-automático, mera questão de tempo.

Não é o bastante porque você quer mais... Você quer se casar com uma pessoa bacana, ter um casal de filhos pulando na sua cama pela manhã, ver sua empresa produzindo alto e ter aquele lugar agradável pra morar. É um sonho antigo, um sonho que você persegue, um sonho que você não vai abandonar. Um sonho que depende de você e de muito trabalho, dedicação e competência. Por isso você carrega sua empresa tatuada na pele e por ela trabalha como um louco, inclusive aos sábados, domingos e feriados. Por isso, mesmo podendo, abre mão de festas e férias, viagens e cruzeiros que a maioria dos seus amigos está fazendo nesse momento. Por isso, ora ou outra, você está visivelmente cansado e sem a menor paciência e disposição para os programas que as pessoas querem que você faça. As pessoas não te entendem, mas você não se preocupa com isso. Você concluiu que a vida não é tão efêmera como algumas pessoas pensam e nem tão longa como outras pessoas pensaram. Você tem um sentido, um objetivo, um caminho a seguir onde o amor é apenas um ingrediente, não a receita completa.

Você quer o amor, sabendo que não é o bastante, mas não quer um amor que sufoca, que prende ou que cobra. Você já tem cobranças demais, pressões demais, gente demais enchendo sua cabeça com toda sorte de problemas. Você quer o amor como oxigênio, adoçando, colorindo, aliviando o peso e o preço que você paga para ser quem você é. Você quer o amor para encostar a cabeça, para te fazer dar risadas e para ter um motivo mais que perfeito para voltar para casa ao fim de um dia. Você quer um amor, mas não quer um amor qualquer. Você quer ô Amor... Com menos ciúme e mais confiança, com menos conflitos e mais harmonia, sintonia e sabedoria. Você quer um amor leve e sadio, que respeite sua individualidade, que não se anule e que não tente te anular. Afinal, você não é mais um menino, já não carrega meias certezas, meias palavras e dúvidas inteiras. Você sabe o que você quer, vive o que você quer e com quem você quer. Isso sim é o bastante.

Fiquem bem e se cuidem.
Beijos,
Deco.

33 comentários:

  1. sim!!! concordo com vc, sabemos muito bem o que queremos..com toda certeza! Pena que tá difícil as pessoas se encontrarem pra poder viver esse amor, em sintonia. Ainda espero o meu, e sei de muita gente que anda assim, esperando, esperando...essa hora vai chegar, tenho ceteza disso também! beijos

    ResponderExcluir
  2. É isso aí, Xu!! Amor e uma cabana não dá! Não enche barriga, não resolve problemas, não paga contas.
    Que é bom, isso é, mas não é o suficiente.
    Mais! Muito mais!!!
    E você terá...
    Beijo no coração...

    "Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz."

    ResponderExcluir
  3. "Você quer o amor como oxigênio, adoçando, colorindo, aliviando o peso e o preço que você paga para ser quem você é."

    Essa foi A Frase! Nunca li outra melhor!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. A gente aprende muito com o tempo Deco, o Amor é combustivel da alma.
    Big Beijos

    ResponderExcluir
  5. Assino em baixo , podes reconhecer a firma e autenticar a assinatura... Sei porque minha estrada é mais longa, porque os atalhos ensinaram...Grande beijo ! Tem novo texto hoje, quero saber tua opinião, pode ser?? Cris.

    ResponderExcluir
  6. Acabei de postar e adivinha... vim aqui.
    Já tinha passado aqui à tarde, mas tava meio com pressa pra ler o texto...
    Então... sei lá, Deco... to me sentindo um alien. Eu não quero me casar, muito menos ter filhos. Será que eu sou uma pessoa ´pior por isso? Por não sonhar essas coisas todas prontas na minha cabeça...
    :/
    To tão chata hoje... afe!
    uahauhauahua
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Então te desejo a boa sorte de um amor tranquilo com sabor de fruta mordida. Beijinhos :)

    ResponderExcluir
  8. Estou passando aqui para desejar uma semana linda e um ótimo final de semana. Sei que estou adiantada, mas só voltarei a postar na segunda que vem
    Falando em post, queres dar umas boas risadas? Passa lá em casa! O bom velhinho está respondendo os pedidos de algumas crianças. Hilário!!
    Beijo no coração...

    ?Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.?

    ResponderExcluir
  9. Deco, que post maravilhoso! acho que tem a ver com o que estive pensando, escrevendo no meu blog. Acho que preciso pensar num montão de coisas e o seu blog me faz bem.
    bjos!

    ResponderExcluir
  10. vc tem razão....e acho q estava precisando ler isto!
    bjoO

    ResponderExcluir
  11. Deco,
    que texto incrível! sincero, maduro, sensato..
    adorei!

    e é isso ai! bola pra frente, que eu tenho a vida pra ganhar!

    vou voltar mais vezes aqui, certeza!!

    beijos

    ResponderExcluir
  12. Eita, eita, eita...confesso que tb quero ô amor!!!!

    Bjs!!

    ResponderExcluir
  13. Bom dia....
    Mas ''amor'' que escraviza....não é amor....é egoismo....
    amor não é feito de "EU"....
    É complicado esse lance aí...
    Muito dificil ser 'esse' amor....
    Bjs...

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito desse texto!!
    Obrigada pela visita!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  15. Que texto lindo, completo, certeiro...
    Esse sim é o amor que todo ser humano deveria querer pra sua vida!
    A busca é árdua, e se fosse fácil...que graça teria?
    O importante é saber que tem objetivos e sabe o que procura. Tristes são aqueles que procuram, procuram, e nem sabem o quê.

    Um beijo grande e continue inspirado pra alcançar seus sonhos!
    beijos!!!
    Aninha

    ResponderExcluir
  16. A cada dia que passa aprendo mais sobre o amor. Sempre pensamos que já sabemos o que é certo e errado numa relação, falamos muito e fazemos pouco, e há poucos dias parei para ver o quanto estou aprendendo...
    bjo!

    ResponderExcluir
  17. umas das "coisas" mais perfeitas que eu ja li..=]
    parabens!!
    ..você é demais!
    =**

    ResponderExcluir
  18. Com certeza amor não poe comida na mesa, não paga contas entre outros. É muito bom ter um amor, mas só isso não basta mesmo. Respeito, confiança e dedicação mútuos são fundamentais. Adorei o texto e a visita lá no blog! Seja bem vindo e volte sempre!

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Eu acredito que muita gente no mundo não sabe o significado real do amor. Eu mesma, estou descobrindo agora, aos pouquinhos. Ciúme doentio não é amor, é posse. Se anular para o outro não é amor, é insegurança. E por aí vai. O importante é não desanimar na busca.

    Bjosss

    ResponderExcluir
  20. Decoo

    Conheci vc atraves do "ate onde vai". Estou muito aliviada por (ainda) haver homens com sensibilidade de para escrever.

    Parabééns

    bjuuus

    ResponderExcluir
  21. Perfeito!
    Dizem que o amor é cego, pra mim o amor enxerga e sabe administrar tudo aquilo que vê!
    Não adianta, tem que ter um equilíbrio entre amor, razão... tudo!
    Pensei eu tatuar Amor, mudei de idéia e vou tatuar Sabedoria!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  22. PS: Entrei na sua comunidade!
    Uhuuuuuuuuu!!!

    ResponderExcluir
  23. Temos ingredientes que somados formam um bolo, mas que sozinhos, não valem nada!!
    Bom fim de semana! Beijus

    ResponderExcluir
  24. Olá, André.
    Boa imagem e bom texto.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  25. O amor é a junção de tudo.
    Sem o equilíbrio, ele jamais existirá.
    E a vida é feita de quilíbrios...
    Beijo! ;)

    ResponderExcluir
  26. Correria de Natal, final de ano e dias que antecedem as férias, pouco tempo para visitar todos os amigos e pra atualizar o Decifra-me também. Semana passada, postei uma vez só. Coisa feia, né?
    Mas hoje saí da toca e reservei um momento para passar aqui, deixar meus votos de uma linda semana e avisar que tem texto novo lá em casa. Vem?
    Beijo no coração...

    ?Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.?

    ResponderExcluir
  27. Está cada vez mais difícil encontrar um amor que compense o nosso stress do dia a dia, e por isso mesmo, a gente tem a certeza que não se vive apenas de amor...
    Mas como sou romântica, não desisto e sei que vou encontrar o meu...
    Mas esse negócio de histórias bonitinhas, vender coco na praia, morar na cabana é lindo! Só em filmes...
    Beijos!
    Tá linkado!

    ResponderExcluir
  28. Deco, estou tendo um imenso prazer em conhecer seu blog. Com este texto, então, concordo plenamente. Ainda vou ler tudo, você verá! Obrigada pela visita! Estou voltando a escrever, então, volte sempre no Momentos! Grande abraço!
    (com sua licença, vou linká-lo, é muito bom)

    ResponderExcluir
  29. Amado,
    Você é muito especial na minha vida!!
    Deixo meus votos de um Feliz Natal e um maravilhoso 2007!
    Que neste ano que se inicia, possamos continuar juntos, cada vez mais, nossa amizade e companheirismo que nos une.
    Beijo no coração...

    ?Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.?

    ResponderExcluir
  30. A gente pensa vc escreve.

    voltarei COM CERTEZA!

    ResponderExcluir
  31. Todos queremos a sorte de um amor tranqüilo.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  32. Deco: No amor eh preciso haver muita liberdade.
    Nesse sentido tenho uma grande sorte: casei com um homem que entende a minha necessidade de liberdade (com respeito, e responsabilidade), gostamos de algumas coisas juntos, algumas separados, respeitamos a individualidade um do outro, procuramos nao ter ciumes.
    O Amor "Cabana" em baixo da ponte, so existe na cabecinha dos adolescentes...
    Um beijo
    MARY

    ResponderExcluir