quarta-feira, maio 09, 2007

OS OPOSTOS NÃO SE ATRAEM




Muito se fala em amor, paixão, cara metade, tampa da panela, alma gêmea, como queiram... Muito se sonha com o tal do amor perfeito, com uma espécie de sentimento mágico (que eu particularmente desconheço) que vai colorir sua vida da noite para o dia e te deixar feliz para sempre. Muito se fala, muito se sonha, pouco se faz. Vejo tantas e tantas pessoas querendo o amor em suas vidas e ao mesmo tempo, inconscientemente em suas atitudes, fugindo dele mais que o diabo da cruz. Tem muita gente querendo amar, mas tem muito mais gente com medo do amor. Essa é a verdade. As pessoas não se dispõem, se apegaram e se impregnaram nessa cultura de ser independentes, preferem seguir infelizes e entorpecidos nessa ideologia moderna e falida de auto-suficiência do que se arriscar numa relação amorosa. Reclamar é muito fácil... Todos querem o amor, todos querem amar e ser amados perdidamente, mas ninguém, digo n.i.n.g.u.é.m está a fim de por a cara pra quebrar não. Talvez tenhamos que tatuar em nossas testas: “Eu sou pra você, pode me amar tranqüila, não vai dar errado”. A que ponto nós chegamos... As pessoas querem o amor, reclamam horrores da vida de solteira, mas essas mesmas pessoas têm um medo desmedido de sofrer, de se entregar, de se tornarem dependentes afetivas do outro.

Sinto muito, o amor não tem garantia de fábrica nem manual de instruções. Nem o ser mais sensível do planeta consegue saber o que está dentro do outro, imagine garantir ou ter garantia de que depois de tudo virá um forever happy end. Ham! Amor é lógica sem razão, tem que sentir antes de pensar mesmo! Sentir, sentir, sentir e se entregar li-te-ral-men-te. Esse é o preço para entrar na roda. Paga quem pode. Paga quem tem amor e coragem no peito, o resto, é para ficantes. Agora, se será enfim a pessoa certa ou a pior pessoa do mundo, se valeu ou não o investimento, se é para sempre ou para nunca mais, só tempo vai dizer. Portanto, não se antecipe. Você não tem uma bola de cristal, ninguém tem. Por mais que você já tenha se ferrado, por mais sofrimentos, traições, ilusões e pessoas erradas que você colecione na sua trilha amorosa, não adianta se armar. Não adianta fugir. Não adianta fingir. Não adianta jogar. Não vale ser uma pessoa hoje e outra amanhã. Não vale querer falar e não ligar para fazer de conta que não está a fim. Não vale dar end. Não vale fazer docinho. O amor não suporta clichês. Por isso é tão imprevisível e surpreendente. Por isso é tão gostoso e infinitamente maior do que os outros sentimentos.

Tenha medo de morrer. Tenha medo de barata. Tenha medo de envelhecer. Tenha medo de altura. Tenha medo da violência. Tenha medo da mentira. Tenha medo da falsidade. Tenha medo da política. Tenha medo da sociedade, do ódio, da mágoa e da solidão, mas, por favor, não tenha medo do amor! Quem já ganhou e perdeu nessa montanha russa afetiva da vida sabe que no final, custe lágrima ou sorriso, você sai na frente, mais forte, mais maduro, mais bonito.

Fé no Amor! Fiquem bem...
Beijos,
Deco.

38 comentários:

  1. Parece que você "passeia" na cabeça das pessoas, pelo menos na minha...confesso que sou louca pra achar meu amor mágico, minha cara metade, um homem certo pra minha vida inteira (você sabe bem disso); acontece que muitas vezes me vejo totalmente travada pra deixar isso acontecer! Medo, sei lá o que...De repente "ele" já até passou pela minha vida e eu nem percebi, e talvez seja tarde, ou não, não sei...a verdade também, é que acredito que tudo tem sua hora. É por isso que continuo esperando e acreditando que ainda vou viver todos esses sonhos mágicos...beijos

    ResponderExcluir
  2. POIS É... A FRASE DO TEATRO MÁGICO SINTETIZA O SEU POST: "OS OPOSTOS SE DISTRAEM E OS OPOSTOS SE ATRAEM"... BJOCA

    ResponderExcluir
  3. Você apareceu Deco! Me visitou! Que maravilha!rs...

    Acho que os opostos se atraem num primeiro momento, mas quando as diferenças são muitas,entram em atrito.
    Esse amor perfeito não existe mesmo, mas o pior de tudo é que as vezes a gente sonha demais e quando acorda percebe que sonhou sozinha. De repente esse sentimento mágico só existiu na nossa cabeça, no nosso coração. Com o outro não foi bem assim, entende?
    Nossa mente é poderosa! Cria coisas e acabamos acreditando que é verdade. Quem bom seria se pudéssemos ver o que se passa no coração do outro...
    Ha...o amor...


    Beijo Deco!

    ResponderExcluir
  4. "Amor é estado de graça, é semeado no vento, na cachoeira, no eclipse. Amor foge à dicionários e a regulamentos vários...
    Amor não se troca... porque amor é amor a nada, feliz e forte em sim mesmo..."

    Post perfeito... faz a gente pensar!

    Beijinhos pra vc.

    ResponderExcluir
  5. Pois é
    A maior parte do tempo, o agora é eterno, e ao amanhã, conveniencia

    Concordo plenamente

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre fico pasma quando leio seus textos. Tradução: MENTE DAS PESSOAS. Vc é 10! Quanto ao amor, digo q é uma questão de costume. Se vc se acostuma com tudo na vida, também se acostuma com o amor, nas suas imperfeições e teimosia (quando chega, ele chega e ponto!). No mais, continue nos brindando com seu brilhantismo! Bjo

    ResponderExcluir
  7. o amor depois de algum tempo muda, vira apenas uma convivência.. o entusiasmo acaba, o encanto acaba... então não era amor.. não acredito em amor pra sempre.Ainda não conheci alguem que amou e amou e amou....

    bonito texto.

    ResponderExcluir
  8. O amor tem que ser surpreendido - não se deve tornar um cliché.
    Gostei muito do seu texto e das visitas ao meu blog.
    Até já
    Beijos e abraços

    ResponderExcluir
  9. É, Deco... eu sou meio assim também... meio lá, meio cá. Meio pé atrás. Acho que o tempo caleja a gente ou sei lá o que...

    To tentando fazer tudo dar certo e acreditar mais nas pessoas. Mas não acredito em mim mesma, na verdade.

    Beijo

    Fica bem.

    ResponderExcluir
  10. O que dizer de um texto que puxou minha orelha?
    Bjitos!

    ResponderExcluir
  11. Nossa, Deco, seu blog é muito bom. Voltarei sempre aqui. Esse seu último parágrafo parece ter sido escrito p/ mim, viu?
    Quanto ao títuolo do seu texto, tem uma frase muito boa da trupe "O teatro mágico" - não sei se você conhece - que diz assim: "Os opostos se distraem, os dispostos de atraem".

    Bjos!

    ResponderExcluir
  12. Deco,

    Impressionante, que por mais que queiramos ser "diferentes" resta em nós esse molde tão comum: experiências, desejos, traumas, alegrias ... é, não tem jeito, não tem fórmula, faz parte da caminhada.

    Acredito que podemos fazer "a" diferença, ter coragem é opção. Daí colhemos os frutos, sejam eles quais forem!

    Bjos!Bjos!

    P.s: De quem já "perdeu as alianças" e ainda acha q foi a melhor coisa que me aconteceu!kkkkk

    ResponderExcluir
  13. Ah, amei demais sua visita ao meu blog! Já queria colocar seu link há muito tempo...e me enrolei. Adoro esse seu canto!

    Volte quando quiser!

    Bjos again!

    ResponderExcluir
  14. Adorei o texto, concordo, concordo, concordo. Tô pensando em fazer uma nova tatuagem, talvez eu tatue “Eu sou pra você, pode me amar tranqüilo, não vai dar errado”, hahahaha. E respondendo ao título (ainda que ele não seja uma pergunta), 'os opostos se anulam'. :***

    ResponderExcluir
  15. Se não mergulharmos de cabeça nesse mar chamado amor, nunca seremos felizes.
    Dia das mães chegando e eu, como um modelo exemplar, resolvi fazer uma singela homenagem a todas as mães que visitam o Decifra-me.
    Te convido para dar uma passadinha por lá. Vem?
    Bom final de semana!!
    Beijo no coração...

    “Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.”

    ResponderExcluir
  16. Deco do céu, li esse texto e senti um tapa na cara! Ultimamente eu tô muito revoltada com o amor! rsrsrssss...
    Bjos!

    ResponderExcluir
  17. Oi Deco, vim agradecer a visita ao Oncotô e aí me deparo com este super texto, tão verdadeiro e que dá uns bons tabefes na cara da gente.. rsrs

    Tanto falo eu sobre estas coisas de amar. Não acredito em cara-metade, não acredito em alma gêmea, em metade da laranja.. em minha outra metade.. PORQUE NÃO SOU METADE DE NADA.. eu sou inteira e quero outro inteiro tbm, sabe?

    Acredito sim no amor, e concordo com vc qdo diz que todo mundo reclama, mas todo mundo se esconde (até eu, confesso).

    Mas eu acho que enquanto todo mundo procurar metades, e esquecer que é inteiro.. e ao invés de juntar dois prá multiplicar ao invés de juntar 2 e dividir prá virar 1, não vai dar.

    Adorei, favoritei, voltarei... e logo eu vou postar as novidades das férias (que já estão quase velhas.. rsrs)

    Beijo

    ResponderExcluir
  18. Deco, você está coberto de razão. Pode ser aos trancos e barrancos, mas eu quero amar sempre ... mesmo a quem mais me enche de "raiva". Meu maior medo é "não estar amando" - ai, credo!...rs Beijo grande!

    ResponderExcluir
  19. oi!
    obrigada por sua visita em meu blog!
    Fico feliz por ter gostado do texto.
    Posso te linkar?
    Amei seu blog!
    Bj.

    ResponderExcluir
  20. Deco... primeiro preciso te contar como foi que cheguei aqui: Sueli, nossa amiga ligou em minha casa agora à noite. Por ter lido no meu blog, que eu estava confusa. Quando soube do que se tratava, me disse: "não vou te dizer nada. Leia o texto do Deco, sobre medo de amar...". Corri aqui, deixei aberto o teu blog, terminei a conversa deliciosa por telefone e vim ler. Meu senhor!!! Entrando aqui dentro da minha cabeça? Sabendo assim de mim, sem nem ao menos me conehcer e foi logo desvendendo todos os mistérios desta pobre cabeça confusa? Olha, sem mais nenhuma palavra. Baratas!!! Aqui vou eu. Beijo grandão. E ainda que não entenda nadica de nada (ou... entendendo tudo), obrigada, de coração.

    ResponderExcluir
  21. Deco, voltaste com tudo, heim? Falando de amor...
    Realmente vivemos uma incongruência em relação ao amor, todos querem um grande amor, mas muitos têm medo de amar, de se deixarem envolver... Mas entendeo esse receio, é o medo de que o outro nos machuque e brinque com os nossos sentimentos que juramos serem os mais verdadeiros e nobres possíveis.
    Acredito que para o amor dar ceryo é essencia que haja respeito, sem o mesmo é impraticável levar uma relação adiante.
    Beijo e bom fim de semana!
    Mel

    ResponderExcluir
  22. Obrigada pelas lindas palavras das quais bem preciso.Dizes que e a casa do amor e verdade, mas está de luto meu amor se foi vou ver se tenho coragem para continuar.bjs naty

    ResponderExcluir
  23. ah vai! qual a graca de viver a vida sem se jogar no amor?

    abismo danado de bom!

    beijoooo
    :)
    .
    .
    .
    .

    ResponderExcluir
  24. E voltaste cheio de energia...
    falaste do amor da forma mais simples e com imensa sabedoria.
    cara metade? a outra metade? quem sabe... se é para sempre? quem sabe?
    Hoje é tudo muito complicado ...
    Finalizaste de uma forma intensa e com a qual eu concordo plenamente, o medo de amar não se justifica... até porque " não chore porque terminou, sorria porque aconteceu.." e saímos sem duvida bem mais fortes.
    Gostei mesmo.
    Bom fim de semana

    ResponderExcluir
  25. Primeiro, obrigada pela visita e volte sempre. Adorei este seu post, parabéns!

    ResponderExcluir
  26. ouuuuuuuuu deco adorei como sempre seus textos parecem que são escritos para cada situação da minha vida bjs!!

    ResponderExcluir
  27. Oi deco, já tem novidades lá.
    Esperando sua visita.
    beijos

    ResponderExcluir
  28. Passando pelo blog de uma amiga, cheguei aqui.
    Admiro templates personalizados.
    Tudo muito bonito e organizado aqui.
    Vc tem bom gosto inclusive nas imagens que usa.
    Parabéns! Bom domingo!

    ResponderExcluir
  29. Deco!!
    Texto maravilhoso!!! Lindo!!!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  30. As vezes procuramos nas pessoas o q queríamos em nós e isso só nos frustas...Alma gêmea?!Existe a pessoa que nos compreende e nos ama com defeitos e qualidades...Obrigada pela visita no meu cantinho...

    ResponderExcluir
  31. Menino, há quanto tempo e que prazer voltar a ler seus belos escritos!

    Dizer que este texto veio na mais exata das horas, é pouco. Eu precisava ler tudo isso para nõa me entregar à desesperança.

    Obrigada.

    beijos

    ResponderExcluir
  32. obrigada, viu? :)
    3 em cada 5 pessoas desse mundo deveriam ler este texto, ou algo semelhante :~

    ResponderExcluir
  33. Xuxu,
    Domingo é meu aniversário. Mais uma primavera...
    Tô passando aqui pra te convidar pra uma festinha básica lá em casa.
    Nada de especial. Só amigos íntimos. Vem?
    Te espero, ok?
    Beijo no coração...

    “Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.”

    ResponderExcluir
  34. nossa! não sabia que o seu texto iria mexer comigo...
    tenha um bom final de semana
    beijos

    ResponderExcluir
  35. acho até que se atraem
    mas nao dao certo ^^

    goostei do blog ^^

    ResponderExcluir
  36. Oi querido, estou de volta à blogosfera. Queria agradecer o carinho do seu comentário. Apareça lá no meu cantinho para saber a novidade. Beijocas

    ResponderExcluir