quarta-feira, agosto 09, 2006

FAKE

Não sei quanto a vocês, mas estou cansado, explicitamente cansado desse mundo podre. Não nasci com jogo de cintura suficiente para lidar com tantas inversões, conflitos e não me toques. Não tenho, definitivamente, paciência nem política no sangue para aturar pessoas influenciáveis, comportamentos formatados e atitudes socialmente corretas. Não tenho e numa boa, não quero ter. Se isso é ser o cara, se isso é ser da nata, que seja para os outros... Eu prefiro o subúrbio, a contra-mão, a subversão de tudo isso.


Alô, Alô, Sociedade !!! Poupe meu tempo, minha inteligência e principalmente meu melhor, o coração. Frases prontas e sorrisos amarelos não fazem a minha cabeça, nunca fizeram, nunca farão. Não me rotule, não me confunda com os seus, minha bandeira dispensa suas facetas. É forte, simples e natural como a própria vida. É não ter que ser o que o mundo quer, o que todos esperam, o que a moda diz. Não vou me maquiar pra fazer de conta, não vou me agredir pra te agradar. Se o preço é ser igual, eu não pago mesmo.


O mundo está e continuará louco, infelizmente é a realidade. Sentença final, pena de morte, caminho sem volta para os que se incluem. As pessoas reclamam da vida e das outras pessoas. As pessoas criticam o mundo e clamam por colo, amor, beleza e paz. Mas essas mesmas pessoas não mudam seus gestos, seus conceitos, seus modos de ser, agir e pensar. Essas mesmas pessoas fazem joguinhos, dizem mentiras, iludem e machucam pessoas apenas por diversão. Essas mesmas pessoas, vazias e mal amadas, têm medo do amor e de se entregar... Pensam que são melhores e intocáveis porque bebem champagne e freqüentam lugares teoricamente badalados. Querem, é o que parece, que num passe de mágica o mundo acorde melhor, mais limpo, mais humano. Choram, mas continuam iguais. Querem o fruto, mas se esquecem da semente, da essência, do valor. Elas que atolem, que morram afogadas em seu próprio mar de lama.


Sigo daqui acreditando em outros valores... Fé na simplicidade, na entrega e nas pessoas que consigam ao menos ser sinceras e naturais, é o mínimo. Desse outro mundo, dessa lama suja, prefiro me demitir, me excluir, me isolar. É menos óbvio. Porque aqui derrama palavras um homem que é homem. Um homem que é sensível e que tem personalidade forte. Um homem que fala verdades e que também chora... Um homem guerreiro, lutador, que sonha dividir com alguém suas conquistas ao fim de um dia. E acima de tudo, e antes de tudo, um homem que acredita no amor e que morrerá acreditando queira o mundo ou não.


Fiquem bem e se cuidem.
Beijos,
Deco.

25 comentários:

  1. Mesmo cansado de toda podridão desse mundo, continua escrevendo coisas lindas!!!! Vc é um ser iluminado! bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Troquei o seu link lá!
    Fez muito bem em sair do weblogger mesmo...
    Volto com calma depois pra ler os textos novos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Vi-me muito em suas palavras,DECO. Bom saber que ainda existem pessoas assim. Grande abraço!!

    ResponderExcluir
  4. acredito que eu então não sou a única que me sinto assim..me identifico muito nos seus textos..
    e como é bom saber que apesar desse mundo em que vivemos ainda existem pessoas iguais a vc!
    beijos

    ResponderExcluir
  5. só tenho uma palavra, agora pra descrever vc menino: ÚNICO, mais uma: RARO, última: ESPECIAL. Que bom que vc existe, e melhor ainda que faço parte da sua vida, mesmo distante...beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Dé! Concordo com você, o mundo anda mesmo muito sinistro. Mas e aí né? O que importa mesmo é que ainda existem pessoas do bem. Adorei! Saudade de vc! Bjo!

    ResponderExcluir
  7. Então tá, bora gritando comigo:
    Parem o mundo que nós queremos descer!!!!
    Bem vindo ao blogspot, qualquer coisa só gritar que venho :)
    beijossssssss

    ResponderExcluir
  8. Xu,

    Também odeio pessoas que reclamam de tudo mas ficam de braços cruzados, esperando que algo aconteça como num passe de mágica.
    Tô contigo e não abro, lindo.
    Magnífico texto!!
    Cheio de essência, sabor e com muito de ti.
    Sabes que te amo...

    Beijo no teu enorme e maravilhoso coração.
    Cíntia

    "As rosas não falam. Simplesmente as rosas exalam."

    ResponderExcluir
  9. Nossa, como sempre teus textos são de uma expresividade imprecionante, por isso comquistou mais uma leitora em tua casa. As vezes queremos gritar e dizer ao mundo o que queremos e isso nos faz muito bem.
    E eu depois de algum tempo sem postar, me inspirei e atualizei meu aroma, te espero por lá, pra ver novo post. Um beijo com aroma TEMPESTADE

    ResponderExcluir
  10. Parece que o dia hoje não foi dos
    melhores, né?
    Parece que você está mordido, e
    não é de amor não...rs
    Mas é isso aí Deco, chuta o pau
    da barraca!
    Eu assino embaixo...rs
    Ha! fique calmo, já arrumei o link.


    Abraço!!!!!

    ResponderExcluir
  11. oi deco, hj além de apaixonado vc esta revoltado........?
    vamos mudar o mundo? rssssssss.

    ResponderExcluir
  12. É como dizem, se quizer mudar o mundo.. comece arrumando o seu quarto!
    A maioria das pessas esquece disso..
    =]
    Já ta o link novo no meu blog.
    Bjossss!!

    ResponderExcluir
  13. que visão política!
    parabens pela sua opinião..
    é, o Brasil ainda tem esperanças!!
    =**

    ResponderExcluir
  14. Nossa... falou e disse, Deco! Que bom que mudou de endereço, o weblogger tá uma porcaria né. Mudei de lá tbém, não teve outro jeito. Bom finds, Bjos

    ResponderExcluir
  15. é verdade mesmo ..
    Mas sabe que a gente tem que estar sempre indignado com as coisas pra poder Mudar mesmo ..
    Esta faltando um pouco disso em todo mundo ..
    Otima Troca viu
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Deco,
    Lindo texto e sabe de uma coisa?
    Uma hora essas pessoas acordam, elas sempre despertam desse mundinho onde nada é real. Futilidade pura não leva ngm a nada, muito menos a ser uma pessoa de atitude e personalidade como vc.
    Vc tem valores, e pode ter ctz que é invejado por isso. Com humildade se ganha o mundo.
    Beijos pra vc

    ResponderExcluir
  17. Xu,

    Me inspirei em ti...
    O Decifra-me abre as portas novamente... Endereço novo, casa nova, mas com a mesma vontade de sempre...
    Te espero lá!!!
    Beijo no coração...

    ?Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.?

    ResponderExcluir
  18. Menino não sei se és pai, se for te desejo um dia dos pais maravilhoso e cheio de amor.
    Bom fim de semana
    Um beijo com aroma

    ResponderExcluir
  19. É a primeira vez aqui no seu blog.....
    ADOREI!!!
    Vou voltar mais vezes... já está no favoritos...
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Oi menino, vim te convidar a me ler, hoje com um poema diferente, mas cheio de amor.
    Um a boa semana pra vc.
    beijos com aroma

    ResponderExcluir
  21. Curto muito tuas ideias e como as descreves. Sou apenas mais uma fã... continue em paz... Bjs!

    ResponderExcluir
  22. Yeeeeees... vamos acreditar no amor mesmo, senão estamos ferrados!
    Adorei! Bem vindo ao Blogspot, o outro lá tá sempre falhando né!
    Só uma perguntinha, essa frase do momento "Que a minha loucura seja perdoada..." não é da Clarice Lispector não?
    Bjooooooos...

    ResponderExcluir
  23. Xu,

    Saudades docê, uai!!!
    Tem post novo lá em casa. Atualiza aqui, please.

    Beijo no coração...

    ? Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz. ?

    ResponderExcluir
  24. tenho medo do amor, mas talvez pela minha síndrome de paitinho feio incurável... mas eu concordo contigo, talvez até haja um certa falta de patriotismo, afinal... ninguém enxerga o verdadeiro "ordem e progresso".
    mudando de assunto...
    "perfume de mulher" é um dos meus filmes prefeirodos. :)

    ResponderExcluir
  25. Cadê você...
    que nunca mais apareceu aqui...
    que não voltou pra me fazer sorrir...rs
    Bravo ainda?!

    ResponderExcluir