sexta-feira, novembro 17, 2006

MOCHILA DE 77




Aos 29 anos, eu sei quem eu sou.


Isso parece um clichê. Uma frase feita. Uma citação óbvia e desinteressante, mas acreditem, não é. Para mim é a base. O pé do caminho. Um trunfo. Um tesouro de ouro que ninguém pode levar. Primeiro porque eu demorei nada menos que 29 anos para chegar a essa conclusão. Segundo porque é, com sobra, a conclusão mais suada e também a mais saudável e importante a qual eu já cheguei nessa vida.


Posso dizer:


Em 29 anos se descobre muita coisa... Você descobre o mundo. Você se descobre.


Descobre que ficar em casa num sábado à noite com ou sem companhia pode ser tão bom quanto, ou melhor, e mais interessante do que estar na mais badalada e concorrida festa da cidade, do ano, do planeta, como queiram (eles inventam de tudo para que você se sinta a pior pessoa se não for). Descobre que é possível fazer a festa sozinho ou bem acompanhado, mesmo porque mal acompanhado é um status que simplesmente já não existe na sua vida. Descobre que quem come qualquer coisa para sempre mastigar é uma pessoa que não se dá o mínimo valor e naturalmente, também não dá o menor valor às outras pessoas. Descobre que amigos que se dizem eternos se vão e que outros que aparentam ser efêmeros, se eternizam. Descobre que ouvir é tão importante quanto falar e que um olhar sincero vale uma noite inteira de sedução. Descobre que não se casar aos 23 anos foi um presente e que a Maria não era mesmo a mulher da sua vida. Nem ela nem a Juliana nem a Isabela nem as tantas outras que você jurou um dia serem. Elas não foram. Elas não são. Você descobre mais em menos coisas e esse mais em menos aguça de forma esplêndida sua sensibilidade. Descobre que a beleza é uma equação, um conjunto de traços, de jeitos, cheiros e formas, que por muitas e muitas vezes, só você vai conseguir ver. Descobre nessa altura da vida, que a opinião dos outros e um saco de lixo no meio da rua são a mesma coisa.


Erra. Aprende. Segue descobrindo... Essa é lei.


Descobre que você vem antes de tudo (e de todos) e que é possível amar a si mesmo sem ser um narciso idiota e vazio. Descobre que aqueles que você ama são paralelos, apenas paralelos e que não devem estar nem acima nem abaixo de você. Acima você sofre. Abaixo você pisa. Descobre o que você aceita e o que você não aceita e então pára de perder tempo, energia e calor com quem não deveria. Descobre na pele a verdadeira sentença aqui se faz, aqui se paga. Descobre que aquela máxima de que se ama apenas uma vez na vida, para nossa sorte, é uma puta mentira. Descobre que amor é um sentimento ilimitado, viciante e muito, mas muito lindo e que seria um desperdício o sentirmos uma única vez por uma única pessoa. Descobre que ser adulto é muito mais do que pagar contas e ser independente. Descobre que a aflição, o questionamento e a inquietude nos levam longe e que são o impulso perfeito para nossas melhores descobertas. Descobre que pular etapas definitivamente não é o melhor caminho, seja dor ou paixão, suor ou gozo, sorriso ou lágrima, elas existem para serem vividas com intensidade. É assim que nasce o aprendizado. Descobre a inteligência. Descobre a sabedoria. Descobre a emoção e continua sem muita habilidade para lidar com ela. Descobre por fim que amor, paz e saúde são essenciais, As outras coisas, todas as outras coisas, são meras conseqüências daquilo que você é.


Descobre. Ama. Segue amando... Essa é a vida. Essa é a minha vida.


Se cuidem...
Beijos,
Deco.

34 comentários:

  1. Eu descobri tudo isso também, Xú.
    E mais: descobri que existem pouquíssimas pessoas como você.
    O mundo é mais lindo por você existir e minha vida mais feliz por fazeres parte dela, mesmo que distante, mesmo que em pensamento, mesmo que em sonho, mesmo que em desejo.
    Te amo de paixão!!!
    Lindo texto, como sempre!! Isso sim é um clichê!
    Beijo no coração...

    "Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz."

    ResponderExcluir
  2. tens razão...
    e como é bom amar!!!
    ked meu clone?
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Aos 29, aos 23, aos 50... Nó sempre temos o que descobrir, conhecer e aprender!!!

    Amar é essencial em todas as fases e idades, sem amor nada somos, em nada teremos sucesso.

    Bom final de semana

    ResponderExcluir
  4. Queridooooo, vc é demais mesmo!!! Tudo bem que junto com essa bagagem, vem algumas mudanças que já começam a aparecer na "carcaça" né..faz parte da nossa trilha, é como se fosse a tatuagem do tempo. Cada dia estou mais feliz, mais forte, mais determinada..como é bom isso né? Amo minha vida, cada dia mais! Isso que importa, o resto é bobagem. Te amo, beijo

    ResponderExcluir
  5. Deco,

    Não adianta nada comer o que não gosta e ter a sensação de insatisfação depois...Não adianta simplesmente uma companhia, só pra ter algue´m do lado...Tem que ser a pessoa, e se não for assim, não vale a pena...Espero um dia poder descrever quem eu sou...Até agora não me descobri.
    Beijo lindo...Vc é uma raridade.

    ResponderExcluir
  6. Virei fã desse blog.. confesso que eu não gostava muito de ler blog , mas o seu é viciante... adorei o texto, sua sensibilidade e principalmente sua sinceridade!

    ResponderExcluir
  7. Menino, que coisa bonita...Parabéns por se conehcer e assumir quem vc é...raro isso numa pessoa ainda mais sendo um homem. Mais uma vez parabéns pela corajem.
    Obrigada pela visita e volte sempre, pq eu já virei fã.
    Bjs grandes

    ResponderExcluir
  8. Boa Tarde......

    Vim agradecer e retribuir a visita ao Tarde.....e gostei do que encontrei.....
    E grande verdade....tudo é bom qd é aquilo que se quer fazer.....
    E acredite...muita gente tb demora pra fazer grandes descobertas....
    Eu demorei mais que vc.....
    Rsss...
    Bjs....

    ResponderExcluir
  9. Obrigada por sua visita, volte sempre que quiser ;)
    O blog não é comunitário, mas estou tentando ganhar uma promoção, por isso a propaganda e as tarefas...

    Um abração

    ResponderExcluir
  10. Oi, Deco.. que bom que deu certo no RC.. Cheguei até aquí pela Brena e não deixei mais de vir...Vc é uma graça de "garoto"..rsrsr Bj!

    ResponderExcluir
  11. Olaaa obrigada pelo carinho deixado em meu blog, fiquei muito feliz viu? Adorei e vim correndo retribuir.
    Bjs e uma boa noite..Opss.. antes uma espiadinha por aqui ne? Sou extremamente curiosa..(rs)

    ResponderExcluir
  12. Obrigada pelos parabens e visita.
    Gostei daqui, voltarei! Bjs

    ResponderExcluir
  13. q post perfeito. amei.
    me identifiquei demais.
    tb aprendi mta coisa já. nesses 28 anos e meio.

    beijossssssss

    ResponderExcluir
  14. Oi Deco! vim agradecer a sua visita, tomara que sua mãe faça o bolo pra vc.experimentar..rs...
    e parabéns à vc.por em tão pouco tempo de existência ter descoberto quem é! mas a vida segue nos preparando surpresas e aprendizados!
    boa semana!

    ResponderExcluir
  15. Deco,

    primeira coisa: ameeeeeeeeei tudo, tim tim por tim tim, fiquei supresa com essa frase "... é possível amar a si mesmo sem ser um narciso idiota e vazio".

    Muita ousadia poder dizer que você já sabe muito, mesmo porque nesse caminho de descobertas, quanto mais a gente procura mais a gente se perde, pq a gente nunca sabe nada, e como diz Pessoa, diante do nosso não saber temos todos os sonhos do mundo diante dos olhos. Quero dizer que realmente uma grande parte você se encontrou mas ainda tem muito e muito mais para se descobrir. Isso é lindo, é viver!!!!

    Mas essa sua ousadia foi tão sútil que preencheu minha busca de hoje e me fez pensar em me achar... Até meus 30 quem sabe...
    Beijos mil na alma.

    ResponderExcluir
  16. Deco, vou te falar uma coisa que vc não vai acreditar, mas, pra mim, esse é seu melhor texto. Da vida.

    Acho que por eu estar nessa fase também. Todas essas descobertas aí fazem parte da minha vida igualmente.

    Mas meu maior aprendizado atual tem sido que a gente não deve pedir tanto a opinião alheia. Nem sempre ela é a mais adequada... quem vive é que sabe como tem que agir...ando passando mta raiva com isso...

    Beijos

    Se cuida tb.

    ResponderExcluir
  17. Ola,
    Vim agradecer a visita e conhecer seu blog. Bonito lay-out, combina mesmo com o conteudo. Bscana voce se conhecer e isso vai no gerundio para o resto da vida, se conhecendo.
    Um beijo e boa semana!
    Camille

    ResponderExcluir
  18. Lindo texto eu concordo em cada ponto e virgula eu me descobri aos trinta parabens viu ótima semana e fique com Deus

    ResponderExcluir
  19. Estamos sempre aprendendo,DECO.
    E descobrindo.
    E errando. E acertando também,claro.

    Feliz daquele que percebe isto. A tempo.
    Abraçãoe uma otima semana à vc.

    ResponderExcluir
  20. Obrigada por sua visita ao IP; apareça sempre na caverna. E já passei dos 30, mas vivo tendo que reaprender certas coisas...rs - Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Foi teu aniversario dia 17? Se foi deixo aqui meus parabens e obrigada por ter me visitado.

    ResponderExcluir
  22. Oi Deco. Obrigada pela visita lá no blog ;).

    AMEI o seu texto. Eu ainda não sei quem sou. Por enquanto sou só uma conhecida simpática rs. Seu texto reforçou coisas que preciso aprender a fazer, como olhar a opinião do outro como um saco de lixo.Adorei a definição rs. Já melhorei muito, mas tenho um bom caminho a percorrer.

    Você escreve super bem rapaz. Parabéns :)

    Bjosss
    Lu

    ResponderExcluir
  23. "Descobre. Ama. Segue amando..."

    Aonde está você ?????????????

    Bjos

    Jú Lims

    ResponderExcluir
  24. Eu estou me descobrindo agora, bemm depois dos 30 hehehe

    bjs

    ResponderExcluir
  25. q lindo!
    tem coisas aí q já sei...outras ainda creio q vou demorar mais um pouco pra descobrir! afinal ainda tenho muito q viver!
    bjoO

    ResponderExcluir
  26. Nossa! Que lindo, acabei de me apaixonar por este cantinho. Vou colocar um link na minha página, vou estar por aqui sempre. Fique com Deus. Beijos e tenha uma boa semana.

    ResponderExcluir
  27. Xú,
    Passei aqui pra te convidar pra festa que tá rolando lá em casa. Simbora?
    O espaço é pequeno, mas cabe todo mundo.
    Vem tomar uma champagne comigo e brindar esse momento muito especial.
    Beijo no coração...

    ?Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.?

    ResponderExcluir
  28. Deco,
    Vááárias coisas a dizer:
    1) já te linkei.Obvio que vou voltar sempre.
    2) Amei o texto escrito a 4 mãos com a Brena!!!
    2) Estou estática com seu texto, a clareza de como vc dispôs as palavras e os sentimentos. Fácil de ler, mais fácil ainda de entender... e achar que estamos no mesmo barco.
    Gostei muuuuito mesmo!
    Beijos pra vc e obrigada pelo doce comentário no meu blog!
    Volte Sempre!

    ResponderExcluir
  29. Eu também fiz essa bela descoberta aos 30 anos de idade.
    Acho que é quando a gente percebe o que realmente importa na vida. E a gente descobre o que faz a vida valer a pena.
    Belo blog.

    ResponderExcluir
  30. Por enquanto, a única coisa que descobri aos vinte e nove é que "aprendi a perdoar e a pedir perdão", além do que "vinte e nove anjos me saudaram e tive vinte e nove amigos outra vez..."

    As outras coisas, talvez por estar perdida em mim mesma, ainda precisam ser descobertas. E são tantas outras coisas...

    ResponderExcluir
  31. Que bom Deco!
    Conheço pessoas de 40 que ainda
    não sabem quem são.


    Abraçossss

    ResponderExcluir
  32. oi deco estava com saudades de ler seus textos. eu tambem sou de julho de 77, pena que não me sinto assim como vc. Não sou livre,
    Sinto-me com 21 anos. urgh!

    bjao,

    ResponderExcluir
  33. Que lindo mergulho em si mesmo...
    Simplesmente maravilhoso sentirmos quem somos, como somos, e o que queremos.
    Um beijo
    MARY

    ResponderExcluir