quinta-feira, fevereiro 01, 2007

ROTEIRO ORIGINAL



Gravando!

Acordar. Tomar banho. Trabalhar. Trabalhar. Voltar para casa. Tomar banho. Dormir...

Ao novo amanhecer, cena por cena, a vida se repete. Nem sempre tão mecânica e não necessariamente nessa mesma ordem, mas é assim na maioria dos dias, foi assim na maioria dos meses dos últimos dez anos da minha vida. Então eu penso que isso tudo aconteceu e acontece e continuará acontecendo tão repetidamente por causa da minha sede de um futuro melhor. Carrego comigo desde cedo à convicção de que é preciso ser independente custe o que custar, seja trabalho, suor ou privação. Odeio depender das pessoas... Odeiooooooo! Essa coisa de ficar a deriva, de sujeitar-se, de encaixar-se, de ser espectador ao invés de ator da própria vida e de ter que concordar com tudo mesmo não concordando com nada, definitivamente, não é comigo. Então por mais louco e alienado ao trabalho que eu pareça, por mais cansativo que seja e por mais errado que as pessoas e outrora, eu mesmo ache, trabalho minha cabeça, meu bolso, minhas atitudes, meu coração e o que me cerca visando o amanhã. Planto meus olhos num dia que não chegou e que ninguém me garante que vai chegar... Eis a minha loucura. Talvez por isso eu seja tão questionado pelas pessoas. Porque ignoro a máxima de viver essa noite como a última, o hoje, o agora, esse exato minuto no qual eu escrevo. Ignoro mas consigo sentir, consigo ser intenso de forma tão ou mais leal que aqueles que vivem segundo por segundo... Ignoro, penso, sinto, insisto... A vida não é tão curta assim, não mesmo. Ela é rápida e isso é outra coisa. É rápida, mas pode ser longa e feliz se soubermos levá-la, se soubermos identificar e cultivar nossas pequenas felicidades.

Eu sei, a minha rotina parece sem graça... Todas parecem. Todas são. Que diferença faz? Você pode ver a vida dos outros e pelos seus olhos imaginar que é chato, fácil, triste ou divertido, não importa. A vida dos outros nunca é como a gente imagina, nunca. Tenho na ponta da língua uns cinqüenta exemplos de casca perfeita e realidade dramática... Parece que é lindo. Parece que é bacana. Parece que é feliz. Parece que é amado. Parece que é gostoso ser aquela pessoa, mas não é. Gostoso é ser você mesmo sempre! Eu poderia ter aceitado o convite do meu xará dos tempos de colégio e ter mudado para Itália para fazer design, lá está ele desenhando num dos estúdios mais conceituados do mundo, cá estou eu com a minha empresa. Eu poderia ter sido instrutor de pára-quedismo, piloto de kart ou poderia ter seguido qualquer um dos tantos caminhos diferentes que me apareceram. Sim, eu poderia. Mas mudar o rumo da vida não é tão simples quanto desejar a mudança, todo projeto, seja ele qual for, demanda tempo e trabalho árduo para dar certo, dia após dia, ano após ano, sem parar.

Então por mais que o mundo soe gigante, com oportunidades infinitas e propostas aparentemente fantásticas... Por mais que a gente se seduza com esse convite aberto à ilusão: "Fuja da Rotina! O mundo é seu...". É impossível vivenciar novas coisas todos os dias, a vida é feita de escolhas e temos que fazê-las de um jeito ou de outro, cedo ou tarde e por mais terrível, sufocante e morna que a rotina possa ser, ela faz tão parte da vida quanto nós mesmos.

Parece estranho julgar sua rotina uma vez que sua vida é um roteiro original escrito por você mesmo e mais estranho ainda ver que você, o próprio autor da história, ora ou outra, se enjoa absurdamente dela. Dá vontade de sumir. Dá vontade de mudar tudo. Dá vontade de apagar vinte e nove páginas e começar do zero. Dá vontade de radicalizar. Dá sim, dá mesmo! Mas você não é mais um menino impulsivo e sabe bem que toda novidade, toda surpresa, todo sabor da melhor descoberta dura um tempo enquanto tal e para frente, tempo mais, tempo menos, deságua em rotina outra vez.

Fiquem na paz e no amor.
Beijos,
Deco.


*: Deixo aqui registrado meu luto em homenagem a Sidney Sheldon, um dos maiores e mais geniais escritores que já li.

50 comentários:

  1. Tô de queixo caído...esse foi, sem dúvida, o texto mais bacana que vc já escreveu! Na minha opinião, claro! Muito bacana Dé..vc me fez pensar muuuuito, pq tenho fritado demais a minha cabeça a respeito disso. Me peguei um dia desses cobrando o que já tinha construído até hoje na minha vida..e me senti péssima! Mas vc falou tudo, não temos q ter pressa, nem achar q a vida é curta, na verdade procuro viver intensamente e tal por pensar assim, mas é verdade, a vida não é tão curta assim. Temos um longo caminho pela frente e basta escolhermos um rumo e seguí-lo, feliz, nos aceitando sem olhar de rabo de olho a vida do "vizinho" pensando que é melhor! Demais De! Nota 1000! Obrigada, beijos

    ResponderExcluir
  2. obrigada, Deco.
    seu texto me fez bem. e por mais difícil que pareça às vezes, é necessário continuar..

    beijo grande!

    ResponderExcluir
  3. Tô me juntando ao côro para os parabéns. Você é muito consciente e se mostra desapegado desses conceitos mercadológicos que vendem a metamorfose diária como um ideal de vida. E o que é a vida senão uma rotina, né mesmo? Acordar, comer, beber, dormir... Fica sem essa rotina pra ver.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. É Xu, eu bem sei disso. Largar tudo, mudar a vida, abandonar projetos e sonhos. Muito complicado!
    E a verdade é que nunca temos tudo o que queremos ter. Temos que fazer escolhas, optar por caminhos e seguí-los intensamente, de coração e alma.
    Amei o texto, pra variar!
    Bem, chegando o final de semana e eu como sempre, passando aqui pra te desejar um de “arrepiar”. Lindo, cheio de coisas boas e quentes (em todos os sentidos).
    Amanhã é feriado aqui em Porto Alegre, por isso acabei postando hoje. Vem dar uma olhada? Te espero.
    Beijo no coração...

    “Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.”

    ResponderExcluir
  5. Sidney Sheldon era realmente tudo :)
    Bjokas

    ResponderExcluir
  6. Sidney Sheldon era realmente tudo :)
    Bjokas

    ResponderExcluir
  7. Gostoso é ser você mesmo sempre!
    Nossa Deco, que frase! Simples e direto ao ponto.
    Tenha um bom fim de semana, moço :)
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Não importa o que nós fazemos.Não importa mesmo.Aliás, a gente nem sabe que não importa.Mas sempre é preciso continuar fazendo.E não se importando com nada.
    Cada um vive seu tempo.Faz o que pode.E o que não sabe, inventa.

    Mais uma vez, parabéns!

    "E que a vida continue assim...pra sempre"

    ResponderExcluir
  9. E se não for assim, de que outro jeito pode ser né?
    A gente se reinventa quando acha que não pode mais.
    Ah! Achei vc pelo blog da fofa da Su. Pode linkar? Eu gostei bem daqui.
    Beijoca

    ResponderExcluir
  10. d+, é só o q posso dizer depois desse tapa na cara q disse "acorda menina"!!
    =)
    beijos

    ResponderExcluir
  11. a Rebeca daí de cima sou eu ó: www.minhaspiras.myblog.com.br

    ResponderExcluir
  12. Que legal te ver no meu cantinho...mesmoooo
    Ja havia passado por asqui algumas vezes,e acho que volto.
    Bjinhos se cuida!

    ResponderExcluir
  13. Que maravilhoso escrito, Deco! Eu assinaria em baixo de todas as palavras que voce escreveu.
    Interessante pensar que somos os autores da nossa "rotina" (voce escreveu tao bonito isso!). Alias, voce escreve muito bem!
    E outra coisa que sou igual a voce: detesto depender dos outros, detessssssstooooooooooo mesmo.
    Sabe...temos que valorizar nossa rotina, enquanto ela esta a mesma, ate que eh bom, nao eh mesmo?
    Um beijo!
    MARY

    ResponderExcluir
  14. Simplesmente adorei essa foto do seu blog (essa estrada), muito linda...com esse seu rosto.
    Vou linkar seu blog ao meu para sempre visita-lo. Gosto muito de ler pensamentos...e partilhar o que penso.

    ResponderExcluir
  15. Podemos sempre acrescentar coisas novas à rotina, para lhe dar mais luz...
    Obrigada pela visita - visite qualquer um dos meus outros blogs; será um prazer a sua visita.
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderExcluir
  16. Querido, que texto legal! Me fez refletir e cheguei a conclusão que adoro o jeito que optei para "escrever" minha vida. Após mais de meio século me dou conta de que muito aprendi, não repeti erros porque com eles amadureci sem nunca endurecer, e continuo com a caneta na mão, pronta para escrever outro meio século!!!
    Vc escreve muito gostoso e adorei vir te visitar, assim com agradeço sua visita, vc é sempre super bem vindo!
    Beijos da amiga,
    SôniaSSRJ

    PS : Espero sua visita no meu Blog Entertainment: http://ssrjentertainment.blogspot.com/
    E use o Updated Blog para noticiar suas novas postagem a todos na blogosfera, endereço :
    http://ssrjupdatedblogs.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá Deco, realmente mudar a rotina, ou não deixar cair nela é muito complicado, seu texto é ótimo, a colocação das palavras então. amei.
    boa semana moço...
    ;)

    ResponderExcluir
  18. Nenem Xu,
    Uma semana cheia de emoções fortes e muito amor.
    Tem coisa nova lá em casa. Te espero!
    Beijo no coração...

    “Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.”

    ResponderExcluir
  19. Deco, você é uma pesso amuito interessante. Tão jovem e já completamente maduro, como se depreende de seus escritos.
    Concordo com você quando diz que a vida não é feita apenas de surpresas.
    A rotina pode sim, ser importante para nossa vida. Se não fosse assim, creio que nem existiria mundo.
    E, quando temos objetivos, ela se torna menos pesada em onótona.
    Espero sinceramente que você tenha sucesso e consiga realizar seus sonhos.
    Só não se esqueça de ser feliz agora, não deixe para amanhã, pelo menos isso.

    beijos

    ResponderExcluir
  20. É Deco, assim não vai dar! Qdo é que vc vai canalizar toda essa desenvoltura em forma de livro menino!? A suavidade, o desembaraço, a descrição da vida com tamanha nitidez...só pode mesmo ser Trilha da Vida! Estamos aguardando viu!?

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Rotinas! As nossas rotinas todos as temos como dizes e muito bem, a minha até nem muito diferente da tua... mas acima de nós sermos nós mesmos e aceitar a vida e lutar pelo que nos faz sentir bem. adorei

    ResponderExcluir
  22. A gente sempre tem estas vontades radicais de apagar uma borracha em tudo e recomeçar. Mas é impossivel,sabemos. O importante é aprender sempre com os erros. Com ou sem a terrivel rotina.
    Abração,Deco.

    ResponderExcluir
  23. ...que rotina...
    Sobre Sidney Sheldon lamento tb, li alguns ha uns anooos atras e gostava.
    Beijoca para vc Deco*

    ResponderExcluir
  24. A vida é muito louca!
    Mas ela é maravilhosa! Adoro viver, por mais que eu me decepcione e tenha vontade de desistir às vezes!!
    Essa é a graça, se tudo fosse perfeito, não teria sentido algum!
    Beijos

    Ah, "sintosuafalta" bem rápido acho que até que dá pra enganar os nossos amigos asiáticos, né? hahaahaha!!

    ResponderExcluir
  25. Oi querido, obrigada pelo seu comentário lá no meu cantinho. Rotina todos nós temos e por incrível que possa parecer ela é boa. Beijocas

    ResponderExcluir
  26. Dinha - adorei! Meus AMIGOS me chamam assim...
    Deco, seu texto me fez muito bem está manhã... estou tento que fazer algumas escolhas muito importantes, tá complicado, pq não foi educada para errar e me cobro muito por isso...
    Que Deus te abençoe sempre.
    Um grande beijos.

    ResponderExcluir
  27. Deco, deco... conseguindo transformar ate a rotina em texto bacana! E eu que "desfiz" da idéia, hein...

    Mesmo com o texto bacana, continuo afirmando que não sigo muito esse roteiro... não sei oq é... vai ver sou doida mesmo!
    Hum... roteiro da loucura???
    Bjos

    ResponderExcluir
  28. Muito bem escrito...

    Sei bem o é sentir isso, rotina, di-a-dia, tudo do mesmo jeito por mais que lute pra que não seja...
    MAs a busca pelo imaginário é constante, é como achar que a vida do vizinho e perfeita, quando na verdade o mesmo nos acha perfeito.
    Essa é a nossa realidade lindo.
    beijos...
    Tbm adoro Sidney Sheldon, uma perda grande para nós.

    ResponderExcluir
  29. Viver fora da rotina? Como? Até que podemos fazer alguma coisa diferente no decorrer do dia, mas não dá para mudar a todo instante. Precisamos acordar em tal horário para rotineiramente trabalharmos e cumprirmos nosso papel naquele lugar. Talvez dê para mudar algum gesto, alguma atitude por lá, mas teremos sempre que acordar, trabalhar, fazer as tarefas que nos ocuparão o dia e se der, poderemos fazer alguma coisa diferente se assim a situação nos permitir...

    ResponderExcluir
  30. Olá obrigada pelas tuas bonitas palavras.Volta sempre.
    bjs naty

    ResponderExcluir
  31. *Como assim, Beaaaaaaaal?*, você disse praticamente tudo e não me deixou acrescentar nadinha????
    *hahahahahahahahahahahaha*
    Putz, sou tão teimosa quanto em minhas decisões e levo minhas palavras até o fim.
    Admiro sua coragem, mocinho!
    É assim mesmo que a gente se autorealiza.
    Tudo de melhor!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  32. Está aí, uma grande verdade. Rotina, além de tudo isso, é ambém um assassina: mata alegria de viver, mata criatividade, mata evolução, mata relacionamentos, etc. etc. Abaixo a rotina!!! Deco, passe em meu blog e pegue um convite. Beijo!

    ResponderExcluir
  33. Xu,
    Estou saindo de férias, mas antes passei aqui pra te deixar o meu carinho e avisar que tem um post especial no Decifra-me. Vem conferir!!
    Já estou com saudades!
    Cuide-se!
    Beijo no coração...

    “Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.”

    ResponderExcluir
  34. Olha, estou impressionada com seu depoimento de vida. Não só pela clareza e beleza das palavras, mas tb porque me identifiquei profundamente com ele.
    É realmente assustador como não nos damos conta que a vida passa e não dá pra voltar atrás... temos mesmo é que tentar plantar hoje pra colher um bom futuro amanhã!
    Adorei sua página e estarei sempre passando por aqui!
    Beijos e mais beijos,
    Fabiana Ravaiane

    ResponderExcluir
  35. Estou aguardando sua próxima postagem...
    Bjo

    ResponderExcluir
  36. É...no final tudo acaba na rotina. Tudo mesmo!
    Mas ainda assim, viver é tudo de bom!

    *Rotina*

    São seis horas da manhã
    e acordo para a vida.
    Vida... ou pura força de expressão?
    São seis horas da manhã
    e acordo para aquilo que subentende-se vida.
    O sol dourado começa a anunciar a sua presença
    no horizonte oposto àquele onde ontem se pôs.
    Dez horas se passaram e cá está ele de novo.
    Meu Deus, viver é repetir sempre as mesmas coisas
    é sempre o mesmo sol
    é sempre seis horas e eu acordo
    é sempre o relógio apático, automático,
    como não deixaria de ser berrando estridente:
    SÃO SEIS HORAS, SÃO SEIS HORAS! ACORDA!
    O SOL JÁ VAI NASCER!
    No calendário se marca um dia a mais, mas na verdade todos os dias são o mesmo dia,
    todas as horas a mesma hora
    todos os segundos, renitentes, ficam batendo no mesmo lugar.
    Tudo anda em círculos, como a terra, como a lua em torno da terra,como a terra em torno do sol
    como o ponteiro dos segundos, na sua órbita:
    relógio.
    São seis horas da manhã e morro para o dia:
    volto a dormir e esqueço do sol.


    Olegario Schmitt


    Tenha uma linda semana Deco!

    ResponderExcluir
  37. A rotina faz parte da vida, mas depende de cada um mudá-la de tempos em tempos pra ela não sufocar de um jeito que pode ser fatal.

    ResponderExcluir
  38. Cada vez que venho aqui eu saio presenteada por um texto teu. Você, apesar do inglês não ser a tua praia, já me alegrou com tua visita umas vezes. Então vim pra te contar que hoje tem lá um texto delicioso do Thiago de Mello em português.
    Beijinho :)

    ResponderExcluir
  39. Acho fantástico a arte de escrever,principalmente,sobre a vida em si e os sentimentos nela envolvidos...Coisas que poucos dão importância hj.Tbm costumo escrever de vez em qdo mas não tenho blog ainda e nem tenho mto o que dizer...Apenas sou admiradora dos seus textos!E gostaria de um dia poder conhecê-lo melhor,trocar idéias e quem sabe considerá-lo um amigo!Pois pessoas que valorizam as coisas mais simples da vida,como vc,é coisa mto rara de se ver!Ainda mais homens...Que a sua semana seja colorida com mta alegria e ânimo!Bjos

    ResponderExcluir
  40. Ei Deco!!!
    Nossa, eu tinha que ler esse texto urgente! Adorei o que você escreveu da vida ser rápida mas pode ser longa e feliz! Adorei tudo!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  41. essa ânsia de querer é ilusão...a vida é exatamente isso o que tu definiu..é o dia-a-dia...e só assim se constrói algo.
    não teremos surpresas nem foguetes e purpurinas dentro de nós todos os dias. as emoções intensas e as mais valiosas são aquelas que constituem o convívio,o aprendizado,a vivência e nos testam a paciência.
    isso é viver.
    o resto....são aqueles momentos que poderão ser descritos daqui a 50 anos...mas que foram passageiros furacões.
    abração e ah...tu nunca mais me visitou,vai lá!!

    ResponderExcluir
  42. Não penso ser loucura essa rotina e nem te julgo por pensar dessa forma, pois também sou assim rs.

    É isso ai... Viver a noite como se fosse a ultima nem sempre vale a pena.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  43. Não penso ser loucura essa rotina e nem te julgo por pensar dessa forma, pois também sou assim rs.

    É isso ai... Viver a noite como se fosse a ultima nem sempre vale a pena.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  44. Meu Caro Amigo:
    Vim aqui para avisá-lo que existem agora 2 clones do meu blog e andam postando msgs deseducadas com minha assinatura e foto, por favor as desconsidere.
    Acabo de postar a respeito no meu blog.

    Abraços da amiga,
    SôniaSSRJ

    ResponderExcluir
  45. Que maturidade, Deco! Realmente não precisamos viver como se o mundo fosse acabar amanhã. A vida é longa sim ( só a acha curta que não sabe saboreá-la) .. Bj!

    ResponderExcluir
  46. Deco do céu!!! Esse blogger novo atrapalhou sua vida, hein?! Que raiva, né?!

    grrrrrrrrrrrrrr

    ResponderExcluir
  47. Cadê você Deco? Gravando ainda? rs... Tira uma folguinha vai...rs



    Ótimo fim de semana pra você!

    ResponderExcluir
  48. "Gostoso é ser vc mesmo sempre": o texto é maravilhoso, nos faz pensar sobre as cobranças que fazemos a nós mesmos o tempo todo, mas essa frase em especial é uma grande verdade. Já me peguei tentando ser ou parecer alguém que não eu, porém, como vc disse GOSTOSO É SER VC MESMO SEMPRE. Beijos.

    ResponderExcluir
  49. Por onde andas, Xu??
    Vim aqui hoje pra te deixar o meu carinho e desejar uma semana linda.
    Ah! Avisar que tem post novo também. Vem??
    Tô te esperando!
    Beijo no coração...

    “Decifra-me... ou devoro-te... Arrisque-se se for capaz.”

    ResponderExcluir
  50. Eu fui lendo e lendo e lendo, e parei nesse post aqui, que me falou tanto, que me fez parar e ficar olhando pro nada, pensando nas coisas que tenho vivido e tenho lutado - pra mim -....

    Este trecho é ótimo: "Parece que é lindo. Parece que é bacana. Parece que é feliz. Parece que é amado. Parece que é gostoso ser aquela pessoa, mas não é. Gostoso é ser você mesmo sempre!"...

    É o meu momento...porque cansei de fazer de conta que é tudo lindo, qdo na verdade, era tudo muito chato e sem graça....

    Voltarei, posso?!

    Beijinhos

    ResponderExcluir